Home Notícias Linha telefônica gratuita auxilia no combate à dengue em SBC

Linha telefônica gratuita auxilia no combate à dengue em SBC


Combate à dengue em SBC


Além das ações das equipes do Centro de Controle de Zoonoses(CCZ), a Prefeitura de São Bernardo do Campo conta com o auxílio do Disque-Dengue no combate a possíveis focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença. Durante os meses mais quentes, o serviço recebe, em média, 50 ligações mensais com denúncias sobre possíveis focos. Nos meses mais frios, esse número cai para aproximadamente 20 ligações por mês.

 

Segundo o chefe de divisão de Veterinária e Controle de Zoonoses do CCZ, as denúncias recebidas por meio do Disque-Dengue são encaminhadas para os supervisores de área, responsáveis pelas 33 Unidades Básicas de Saúde (UBS). Eles são os encarregados de visitar previamente a área suspeita a fim de verificar se de fato há foco do mosquito transmissor da dengue, dar orientações aos moradores e, caso confirmada a denúncia, notificar o CCZ para que as ações de combate sejam implementadas.

 

Trench destacou que, em alguns casos, os próprios moradores guardam amostras de larvas ou o próprio mosquito, que são entregues para o CCZ e encaminhados para análise. "Nossa prioridade no momento são os bairros com maior quantidade de focos, como Parque São Bernardo e Taboão", explicou.

 

O chefe de divisão disse que as orientações dadas aos munícipes são, em geral, manter o local limpo, verificar se as caixas de água estão fechadas, não usar pratos como suporte de plantas, limpar constantemente calhas e canaletas, manter as lajes secas, evitar o acúmulo de objetos que possam reter água (pneus, vasos sanitários, latas), entre outros.

 

O munícipe pode encaminhar suas denúncias ou solicitação de informações pelo Disque-Dengue, no 0800 19 5565. A Prefeitura também recebe denúncias de possíveis focos pela Rede Fácil, Ouvidoria (telefone 156) e pelo email do CCZ ( Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ).

 

Combate intensificado - A Prefeitura de São Bernardo tem intensificado as ações de combate à dengue no município. Além da nebulização (uso de veneno) em bairros com comprovação de infestação do mosquito, há a distribuição de tampas plásticas para as caixas de água que estão com problemas ou sem cobertura.

 

Os bairros da região do Taboão e Parque São Bernardo são as localidades que mais receberam visitas das equipes do CCZ neste ano. Também está em andamento a verificação de focos em pontos estratégicos, como cemitérios, indústrias e comércios, além de imóveis especiais, como escolas e unidades de Saúde.

 

De acordo com o último levantamento da Vigilância Epidemiológica, São Bernardo registra 368 casos autóctones (contraídos no município) e 88 importados (fora da cidade). Os bairros com maior número de casos confirmados são Montanhão (129) e Taboão (136)



Fonte: Prefeitura de São Bernardo do Campo