Home Notícias Qualificação profissional do EJA de São Bernardo garante novo emprego a 47,5% dos alunos

Qualificação profissional do EJA de São Bernardo garante novo emprego a 47,5% dos alunos


EJA de São Bernardo do Campo


O programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA) implementado pela Prefeitura de São Bernardo do Campo vem se tornando ferramenta de ascensão social dos alunos. O programa, destinado a pessoas a partir de 16 anos, oferece cursos de capacitação profissional em alimentação, construção civil, costura, informática, marcenaria, meio ambiente, saúde e imagem pessoal, entre outras áreas, além da possibilidade de elevação educacional no Ensino Fundamental I e II.

 

Segundo a responsável pelo programa, cerca de 47,5% dos alunos conseguem novo emprego devido ao curso oferecido pela Prefeitura. "Participamos das discussões nas reuniões dos Arranjos Produtivos Locais, e por meio da Central de Trabalho e Renda, mantemos contatos com empresários que procuram mão de obra qualificada", ressalta.

 

Arlene Carvalho de Castro, 41 anos, é um dos exemplos das possibilidades de ascensão profissional a partir dos cursos do EJA. Moradora da Vila São Pedro, ela encontrou no curso de Confeitaria e Panificação da entidade um caminho para dar continuidade ao próprio negócio, mas com um diferencial: qualificado e mais eficiente. "Já fazia bolo por encomenda, mas nunca havia pensado em expandir. Depois que fiz os cursos fiquei muito mais confiante, e hoje as encomendas mais do que dobraram. Faço bolos, salgados, bem-casados e outros tipos de doces para festas", destaca.

 

Aumento - Para o início deste ano, no primeiro módulo, foram matriculados mais de 2,4 mil alunos, número que representou aumento de 5% em relação a 2013; para 2015, a previsão é que este índice supere os 10%. Os cursos profissionalizantes ofertados pela Prefeitura são de 200 horas e 240 horas. Ao longo de 2014 serão realizados mais dois módulos de cursos.

 

O programa é oferecido gratuitamente em 10 equipamentos públicos, entre Escolas Municipais, Centro de Qualificação Profissional (localizado na SEDESC), no Restaurante Escola (no Cenforpe) e no Centro Educacional Unificado (CEU) Celso Daniel, no Bairro Cooperativa, e tem como principal objetivo estimular a inserção de mão de obra capacitada no mercado de trabalho.

 

Ao inovar na Educação de Jovens Adultos no município, a Secretaria Municipal de Educação apostou em uma escola que considera as necessidades e especificidades de jovens, adultos e idosos. Nos últimos quatro anos, a Prefeitura dobrou o número de vagas e a taxa de analfabetismo foi reduzida em 27%.

 

São Bernardo do Campo recebeu a Medalha Paulo Freire pela adoção do modelo inovador da Educação de Jovens e Adultos (EJA), em 2012.


 

Fonte: http://www.saobernardo.sp.gov.br/comuns/pqt_container_r01.asp?srcpg=noticia_completa&ref=10843&qt1=0